quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Resenha: 101 Ideias para curtir com seu filho (antes dele completar 10 anos)

Olá como vocês estão galera?
Espero que bem!
Ainda no clima do Dia das Crianças, pois para o Você não pode deixar de ler, dia da criança é todo dia!
E para marcar ainda mais esse mês no qual estamos homenageando-as com inúmeras matérias sobre essa galerinha linda, guardei a resenha desse livro que tenho desde 2009, obra que apesar de simples é maravilhosa para quem quer curtir com os seus filhos antes de o mesmo completarem 10 anos ou quem sabe até a idade adulta...porque não?
Afinal como eu costumo dizer...idade é apenas uma questão de estado de espirito e nada mais, então eu sempre opto por manter o meu espirito sempre jovial e você?


Bom, vamos a Sinopse: 
101 ideias para curtir com seu filho (antes de ele completar 10 anos), nada mais é que uma espécie de mistura, um almanaque e guia de ideias, este livro traz uma lista de atividades para os pais fazerem com seus filhos desde pequenos. Usando sua experiência de mãe e de jornalista especializada no universo infantil, a escritora resgata brincadeiras antigas e sugere novas, adaptadas aos espaços menores e ao pouco tempo livre dos adultos. Como criança aprende tudo brincando, 101 ideias vais funcionar como um manual para os pais preocupados em curtir e educar os seus filhos.
E o melhor é que tudo vem com uma linguagem simples e até mesmo com instruções e ideias que você pode fazer em casa e com um custo tão baixo! As vezes nós mirabolamos tanto as coisas, as tornamos difíceis, as tornamos caras, as tornamos muitas das vezes inatingíveis e esquecemos que as melhores coisas da vida estão na simplicidade galera, na boa e velha simplicidade....criança fica feliz com tão pouco, nós os pais que nunca estamos satisfeitos com nada, sempre achamos que os nossos filhos merecem grandes produções ou é melhor simplesmente não produzir nada, nos preocupamos com o que o vizinho vai achar, o (a) colega de trabalho, a nossa família, os mais chegados iram achar e acabamos não focando em quem realmente interessa esse achar: a criança e a mais ninguém.
E esse livro ensina coisas tão simples que deixaria qualquer criança feliz pois tudo que essa galerinha quer é curtir um dia diferente, animado e se for ao lado de pais que topam entrar no clima…tudo ficará melhor ainda!
Sobre a autora: Paula Perim é jornalista e fotografa. Trabalhou na MTV e em diversas revistas. Atualmente é editora-chefe da revista CRESCER, da editora Globo. É mãe de Júlia, de 10 anos, e Beatriz, de 9. E jura que já curtiu com as filhas quase todas as 101 dicas que estão neste livro.
Dentre essas 101 ideias resolvemos fazer um Top 12 para vocês:
Capitulo 1: Porque se Sujar é uma Delicia
Lava-Rápido
Mesmo que você se considere quase sócia do lava-rápido da esquina, aproveite um dia de sol e faça esta proposta às crianças. As menores também vão enlouquecer com a possibilidade de colocar as mãos (e inevitavelmente, os braços) num balde cheio de espuma. Se você tiver uma luvinha de lã velha, será mais divertido ainda! Apenas preste atenção no sabão que vai usar: pode parecer absurdo, mas vale comprar um xampu baratinho para cabelo, para não maltratar a pele do seu filho. Depois do sabão, é hora de enxaguar o carro com o esguicho, e ai pode preparar o banho, porque a brincadeira só acaba quando todos estiverem ensopados!
Capitulo 2: Porque de vez em quando pode
Fazer uma festa-acantonamento
Não vá dizer que sua casa é pequena e não dá para acomodar as crianças. Coloque um colchão colado no outro, a metade da turma no quarto e a outra metade no escritório. Ou afaste os móveis da sala e coloque todo mundo lá. È uma forma de fazer um aniversário diferente: uma festa-acantonamento. Peça colchões emprestados e coloque no convite que as crianças devem trazer lençol e cobertor. Numa sexta-feira, pegue as crianças na escola com um ônibus contratado (ou com a ajuda dos amigos e familiares que tenham carro) e leve-as para casa. O ideal é que tenham por volta dos seis anos. Deixe massas de pizza e ingredientes para decora-las separados e peça ajuda delas. Cada uma faz a sua. Depois é hora de cantar “Parabéns” e comer bolo. Então comece a preparação para a noite. Primeiro, tomar banho (três de cada vez – essa parte é realmente uma loucura!). Depois você pode propor um desfile de pijamas, com direito a muitas fotos. Para acalmar as crianças e iniciar a tentativa de fazer as vinte dormir, prepare uma sessão de cinema. No meio do filme algumas já vão pegar no sono. Depois cada uma vai para seu lugar – previamente combinado. Pode ser que algumas ainda resistam a se entregar ao sono. E hora de ler uma história. Aos poucos todos vão dormir, até você acredite! De manhã, uma boa dica é preparar uma cestinha individual para um café-da-manhã-piquenique. Até os pais chegarem para pegá-las, você pode propor uma oficina de porta-retratos de madeira. Assim, cada criança pinta o seu enquanto você imprime uma foto da turma toda junta, de pijama, para cada uma levar de recordação. É uma loucura tudo isso, mas garanto que a festa será inesquecível!

Tomar Chuva
É bom demais, e ele vai descobrir isso, com ou sem você! Portanto, aproveite a próxima chuva em dia quente e saia correndo com ele por aí. E depois corram para o banho – ninguém fica doente de alegria!
Capitulo 3: Porque vai ser muito útil
Brincas sozinho
Pode parecer um contra-senso este item em uma lista que se propõem a dar ideias do que fazer junto com as crianças, mas não é. Para alguns, você nem precisa fazer a proposta. Quando se dá conta, elas já estão com seus bonequinhos inventando histórias – até falando sozinhas -, ou dançando na frente do espelho, ou escolhendo uma fantasia para colocar (que pode ser a sua roupa!), ou fazendo um desenho, ou montando um quebra-cabeça. Mas, se seu filho não tem esse hábito, você pode ajudá-lo a começar a brincadeira e depois deixar que ele continue. É importante aprender a usar o tempo, independentemente da coordenação de um adulto (sempre com supervisão, é claro). Ficar bem sozinho também é algo que se pode aprender brincando.
Capitulo 4: Para dias de chuva
Cabra-cega
Sucesso entre as crianças, mesmo as menorzinhas. Você só precisa de um lenço para vendar os olhos do pegador, do espaço da sala (mesmo que tenha que arrastar o sofá) e de cuidado para o seu filho não tropeçar no tapete!

Capitulo 5: Para sair de casa
Desenhar com água e pincel no asfalto
Bem simples e divertido para os dias quentes. Você só vai precisar de um baldinho com água e pincel bem grosso. E uma rua tranquila….

Capitulo 6: Para não esquecer jamais
Pular Ondas
Aquele ser tão pequenininho e aquele mar gigante...
Enfrentar as “enormes ondinhas” da beira da praia, segurando as mãos do seu filho, é mais uma daquelas imagens que ficam gravadas para sempre. E, a cada verão, vocês vão um pouco mais para o fundo – sim, ele já consegue! Até o dia em que vocês estarão lado a lado esperando a onda chegar para pegar jacaré!
Capitulo 7: Porque ele vai adorar conseguir fazer
Costurar uma Almofada
Os meninos também podem aproveitar muito esta atividade. Além de deixar seu filho bastante orgulhoso por fazer uma almofada “sozinho”, ainda favorece a coordenação motora fina, aquela que bem treinada, pode ajudar muito quando chegar a hora de aprender a escrever. Prepare os materiais: dois recortes de 30 cm x 30 cm de um tecido que seja fácil de perfurar, uma agulha grande e mais grossa, linha de bordado e espuma para rechear a almofada. Ai é só costurar toda a volta pelo avesso do tecido e deixar um espaço de 10 cm para colocar a espuma. Depois vire a capa, preencha com a espuma e costure para fechá-la.
Capitulo 8: Porque ele vai lhe agradecer depois
Ler um livro com mais de 100 páginas
Ler sempre, desde que eles eram muito pequenos, com frequência e entusiasmo!
Além de cuidar da alimentação e do sono do seu filho, este é um dos cuidados que certamente ele vai valorizar e aproveitar muito quando crescer. O desafio de encarar um livro grande, sem tantas figuras, também pode começar com você. Leia um pouco a noite. Que tal Reinações de Narizinho, lá pelos seis ou sete anos? Os textos de Monteiro Lobato são muito ricos, tem tanta imaginação e fantasia que a criança consegue “ver” a história.
Colecionar coisas
Logo ele vai descobrir algo que queira colecionar, mas, se não acontecer, você pode propor e, mais do que isso, curtir a coleção com ele. Algumas sugestões: folhas, pedras, os clássicos selos (a cada dia mais raros), tampinhas, figurinhas. Vale tudo!
Capitulo 9: Porque vocês merecem
Ensinar o prazer de se ter uma paixão
Pode ser um esporte, por animais, por livros, por plantas, pintura, fotografia, pelo o que for. A vida fica mais completa – e nunca ficamos sozinhos – quando temos algo que amamos.
Esconder um bilhetinho na mochila dele
Com um desenho ou uma frase, quando ele encontrar o bilhete na escola será uma grande surpresa. Um carinho que ele vai lembrar para sempre.

Considerações Finais:
Bom galera então é isso, eis ai 12 das 101 ideias que vocês podem fazer juntinhos com os seus pequenos, espero que tenham gostado e caso queiram mais…só lendo o livro para saber!
Eu particularmente já fiz algumas dessas coisas ai e muito mais...e vocês?
Postem aqui a sua foto do que fizeram com seus filhos ou entes queridos no dia das crianças, vamos juntos fazer um grande álbum virtual?
Agora as regras são:
Se inscrever no blog Você não pode Deixar de Ler os selecionados faram parte de um grande álbum coletivo aqui no dia 31/10/2016, fechando esse mês da criançada com chave de ouro!
Aguardamos vocês!
Até a próxima.
Lindaiá Campos